1 de jun de 2015

Cruzamentos


lá na esquina 
o arcanjo branco
e o diabo vermelho.
na outra esquina 
são jorge e o dragão.
na outra, dois homens.
duas mulheres, na outra.
nas esquinas da cidade
uma cigana, um índio
um pirata, uma onça.
nas esquinas da cidade
nas ruas, nos becos
nos cruzamentos
a cidade inteira passa
como se passasse
por uma rua das cruzes.

Um comentário:

ROGEL SAMUEL disse...

SÃO CRUZES, SÃO RELAÇÕES, SÃO COITOS, SÃO RUAS QUE SE CRUZAM, HOMENS QUE SE AMAM, RUAS QUE SE ENCONTRAM, O POEMA É UM ENTRELAÇADO DE SEMAS...