27 de jan de 2013

HOJE TEU CORPO NÃO SE APROXIMOU



hoje teu corpo não se aproximou
se fixou na exibição de ter corpo
se deitou solitário sobre a cama
esteve comigo, mas não foi corpo

me fez até buscar o que não se busca
procurei o que não se deve esconder
se fixou tanto na tua beleza de vitrine
que congelou o que no corpo é errante

2 comentários:

teca disse...

Delirante...

Beijos.

ROGEL SAMUEL disse...

o corpo de vitrine
sonhado
e até comprado
não nos fala
além de sua fronteira