30 de mai de 2009

Poema de Jefferson Bessa sobre fotografia de Rogel Samuel

Fotografia de Rogel Samuel
Ponto luz
Poema de Jefferson Bessa


ponto luz
no dia ofuscado,
na noite negra da alma.

um sol
um cometa
meus olhos.

uma bola de fogo
um amarelo
a luz do dia
o ouro.

um ponto iluminado.

aura que flutua
amarela, forte
e dança
a alma de luz.

Nenhum comentário: